Aproveite bem o visual dessa imagem. Você provavelmente não vai encontrar as fotografias de Michel Zylberberg com tanta facilidade porque não é sempre que ele participa de concursos. “A fotografia é muito subjetiva, o que acaba gerando um descontentamento com muitas das escolhas que partem de gostos pessoais. Quando é por ‘curtidas’ é ainda pior, porque na maioria das vezes ganha quem tem mais amigos e influência e não quem merece de fato.”

    Na realidade, Michel é bem reservado com suas fotos e muitas delas não são divulgadas. “No máximo mostro para meus amigos e família. Sou assim com as minhas poesias também e a fotografia não deixa de ser um poema em cores – ou preto e branco.” Explica o vencedor do II Desafio Expedição na Montanha.

    Nesta edição, o site Temporada de Inverno em parceria com a rede de Jornalismo Colaborativo destaca a foto “Efêmera Eternidade”. O registro da Via Láctea e o Matterhorn, no Lago Leisee, em Zermatt, Suíça foi feita com uma Nikon D750 + Samyang 14mm.

    Os amigos e grandes companheiros de aventura, Lorenzo Riva e Enrico Boggia
    Michel e Lorenzo Riva nas geleiras dos Alpes Suíços. Foto: Enrico Boggia.
    Michel conta que apesar de morar na Suiça há 10 anos, ainda não conhecia a região de Zermatt. Na ocasião dessa fotografia, com os amigos e grandes companheiros de aventura, Lorenzo Riva e Enrico Boggia, eles aproveitaram a primeira neve do ano e foram de trem até o sentido Gornergrat. “No meio da tarde, passamos por esse lago da foto, mas chegamos até um outro que seria mais interessante para o pôr-do-sol. Quando escureceu, voltamos até esse lago Leisee, mas a sensação inicial era de frustração, porque estava muito nublado e a lua se encontrava bem no “coração” da Via Láctea. Conversamos sobre desistir e voltar pro hotel, pois o frio começava a apertar. Por sorte um dos amigos falou que faria um teste antes de tomar a decisão. Ainda bem, pois a noite rendeu bons cliques com uma atmosfera única. A enquadratura inicial era só o lago, o Matterhorn (a montanha da embalagem do Toblerone) e a lua, até que percebemos a olho nú a Via Láctea mais acima no céu. Foi nesse momento que fiz essa panorâmica vertical, unindo todos os elementos que me cercavam nessa noite mágica e inesquecível.”

    Em seu relato, nosso aventureiro ainda completa que para fechar com chave de ouro, ele e seus dois amigos, encararam quase três horas a pé pelas montanhas geladas da regiao até o hotel. “Mas todo sacrifício acaba desaparecendo quando na memória, na tela do computador e nas fotos impressas, toda essa beleza fica eternizada. É na natureza que me sinto em casa, livre como na minha infância no Brasil. O céu é de todos, basta olhar para cima de vez em quando para admirá-lo.”

    Esse carioca, criado no Sul de Minas de Gerais já visitou diversos outros países. Foram tantos os lugares que fotografou que decidiu registrar tudo em seu blog RPM (Rodando pelo Mundo). O mais legal é que o conteúdo é recheado de informações turísticas de um ponto de vista de quem realmente fez a viagem.

    Ainda sobre esse trabalho, Michel Zylberberg acrescenta: “Hoje em dia o RPM conta com a colaboração de muitos amigos viajantes ou leitores. Falamos mais sobre assuntos que fazem refletir. Por isso mesmo que o nosso slogan é um blog de viagens que vai um pouco além de roteiros.“

    Fonte: Jornalismo Colaborativo

    VEJA TAMBÉM

    Parque Nacional do Yosemite, California, EUA.

    Esta foto foi tirada no último dia de um passeio realizado pelo fotógrafo João ...

    Casal percorre o Caminho Velho durante as festas de fim de ano

    Dentre as muitas histórias de casais que viajam juntos, há sempre aquelas que se destacam pela relação direta ...

    2ª Edição do Desafio Tempestades Elétricas

    De acordo com o INPE – Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, a cada segundo ...

    A Itália em imagens por Rogério von Krüger

    Um dos lugares mais lindos e visitados da Europa é a Itália. O país ...

    Top 5 Programas de Bolsas de Estudo no Exterior

    A revista VOCÊ S/A publicou a relação dos cinco melhores programas para quem está ...